FATALE

Ed Brubaker e Sean Phillips, a dupla premiada por Sleeper, Criminal e Incognito, iniciaram em 2012 a novela gráfica que agora chega a Portugal, pelas mãos da G Floy Studio.

O primeiro volume é um thriller sobrenatural que se expande por duas linhas temporais, explorando a dualidade típica das personagens noir, onde nada é o que parece e todos têm segundas intenções.

Numa das narrativas, Nicolas Nash descobre um manuscrito do falecido escritor Dominic Raines.

No momento em que o guarda, é alvo de ataque por um grupo misterioso de homens, sendo salvo pela misteriosa Josephine, uma mulher sedutora e amaldiçoada.

Na outra linha temporal, seguimos os acontecimentos contados no manuscrito de Raines e a vida de uma estranha mulher fatal, que procura escapar a um perigo vindo do seu passado.

Absorvente, Fatale seduz-nos desde o início, com desconfianças e laivos de horror, que se mutam em intrigantes cenas do oculto.

Fazendo-nos cair na teia de Josephine, o tipo de mulher que te estende corda suficiente para te enforcares. Do tipo fatale.
Texto:Daniel Antero Locução:Ágata Serralva


About The Author
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>