Análise Call Of Duty Black Ops 4

Call Of Duty Black Ops 4 | Playstation 4

Na geração anterior, Call Of Duty foi um jogo de extrema importância nas consolas.  Definiu o comportamento de um first person shooter num comando, e como manter os jogadores interessados no franchise, depois de concluir o seu modo história e nos transportar para o online.  Pelo menos, eu sei que este jogo foi responsável por faltar a tantas aulas na universidade.

Com alternativas de sucesso como Battlefield e a crescente sensação do Battle Royale, com jogos como Fortnite e PubG, será que Call of Duty Black Ops 4, consegue manter o nível de interesse dos gamers?

O estúdio Treyarch assumiu um risco. Pela primeira vez, Call of Duty Black Ops 4 foca-se quase inteiramente no online.  Quase, porque no modo Specialists HQ, combina um modo tutorial para o online, com uma pequena história para cada um dos especialistas.

Seis deles já são conhecidos dos fãs do franchise. Recon, Ajax, Torque e Crash fazem a sua primeira aparição neste jogo.

Call of Duty Black Ops 4 divide-se em 3 modos.

O multiplayer com Team Death Match e Kill Confirmed, é um retorno ao passado, e um passo importante na relevância deste modo no futuro. Mais táctico, convida os jogadores a encontrar parceiros que conheçam, para apreciar melhor o momento em que destruímos a outra esquadra.  A regeneração da vida automática está de fora. Temos de ter mais em conta a forma de abordar o combate.  Os saltos desenfreados nas paredes e grappling hooks a toda a força, já não estão tão presentes como no Black Ops 3, e isso fez-me retornar a este modo com mais entusiasmo…um pouco todos os dias.

O tão aguardado BlackOut é um modo Battle Royale, que cativou tantos fãs em jogos como PUBG ou Fortnite.  A Treyarch quis incluir este modo na série Black Ops, mas com algo mais, um Battle Royale with Cheese. Embora possa ser divertido, é um modo no qual não nos sentimos confortáveis, nem sentimos o entusiasmo devido.

A grande surpresa é o modo Zombie.

Seja num Titanic ou numa casa a cair de podre, o sentimento de co-op, de sobrevivência desenfreada, é entusiasmante. As personagens estão super divertidas, os diálogos são super cheesy  e conseguem criar um ambiente de paródia……mas tenso, já que cada onda de zombies se torna cada vez mais difícil de contrariar.  Se têm um grupo de amigos e querem uma experiência animada, este é o modo certo. De repente estava em 2008 a curtir o Left 4 Dead.

Apesar de apresentar problemas nos spawn points e jogos que caem a meio, que estranhamos num jogo deste calibre, o facto é que te vais divertir com esta nova iteração do franchise. Call Of Duty Black Ops 4 faz um spin aos shooters modernos, abandona o caos de tudo aos saltos a disparar das paredes e traz animação e concentração para te entreter no futuro.

segue este e mais jogos em:
www.cinemic.pt
Facebook: https://www.facebook.com/cinemic.pt/
Instagram: @cinemicmagazine


About The Author
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>