Detroit Become Human | Playstation 4 / Pro

Detroit Become Human é uma aventura dedicada a escolhas, para entusiastas da dúbia inteligência artificial. É um mapa de decisões num universo futurista android, que espelha os problemas presentes dos humanos.

Esta análise não tem spoilers e tudo o que vão ver é do início do jogo.

Tal como em Heavy Rain e Beyond Two Souls, Detroit Become Human é uma narrativa múltipla, onde tudo aquilo que decidimos tem repercussão para diferentes desfechos. Hoje assolada pelo desemprego e pobreza, Detroit é aqui projectada numa versão futurista, onde a toxicodepência, desemprego e depressão não são mais problemas exclusivos de humanos…mas de androids. Androids estes, que são tão acessíveis como os nossos smartphones, e que desempenham funções que substituíram os trabalhos de muitos.

O jogo apresenta uma história vista pelo prisma de :

  • Connor, um android investigador da polícia;
  • Kara, uma empregada doméstica;
  • Markus, um género de enfermeiro domiciliário.

A conjugação destes três provocam a questão e a moral: E se criássemos algo, que desenvolvesse consciência e fosse tão imperfeito como nós? Agiríamos para segregar, tratando-o como um ser menor?

Detroit Become Human é uma aventura sci fi adulta e inteligente, ao estilo da Skynet do Terminator, pronta a dar-te um murro no estômago.

Na apresentação, este jogo é também um vencedor. Desde o motion cap ao desempenho de reconhecidos actores, passando pelos menus, tudo é suave e nos coloca no espaço e no tempo.

Com este exclusivo, David Cage e a Quantic Dream fizeram um dos nossos jogos preferidos para a PS4.  Cerebral e moralista, vai envergonhar a tua espécie, abrindo um espectro de opções para um futuro que se avizinha. E como nos dias de hoje a moralidade vem depois das acções e não o contrário, prepara-te para te surpreenderes a ti próprio.

Detroit Become Human é um exclusivo playstation à antiga, feito para gamers adultos. Com capacidade de reinvenção, mesmo ao fim de mais de 20 anos, é refrescante ver que a consola ainda mantém esse pedigree.

 


About The Author
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>