Analise e review de Fire Emblem Warriors na Nintendo Switch Portugal e Brasil

 

Sempre que leio ou oiço o nome de Fire Emblem, penso em permadeath. Sou  tão obcecado com o facto de perder uma personagem que gosto e nunca mais a poder ter de volta, que me cria ansiedade. Foi a minha história com Final Fantasy Tactics… e o que eu sofri com esse jogo. Desde então sempre tive curiosidade em jogar Fire Emblem, e foi na Wii que tentei jogar o Radiant Dawn. Mas a realidade é que saber que podia perder uma personagem que gostava, criou sempre uma neblina no meu raciocínio e desisti.  

 

Agora que ando super entusiasmado com a Switch e o seu catálogo de jogos, saber que havia um musou de Fire Emblem, senti que era a altura perfeita para conhecer melhor a sua história, fora do contexto do Smash.

Rowan e Lianna, herdeiros do reino de Aytolis em Fire Emblem Warriors

O jogo conta a história de Rowan e Lianna, herdeiros do reino de Aytolis, que após uma invasão a todos os reinos de Fire Emblem, por criaturas de um universo intermédio, solta estes dois aprendizes, no meio de vários personagens canon nas histórias do franchise.

 

Como é já sabido neste tipo de jogos, não nos centramos apenas nos protagonistas, mas podemos saltar de personagem em personagem ao longo dos combates. Devido à minha falta de experiência neste universo, não consigo perceber se a interacção das icónicas personagens é forçada ou não. Nem mesmo se é totalmente fiel ao lore dos jogos anteriores. Mas gostei de conhecer cada uma delas num ambiente descontraído, em que lentamente se vão apresentado e dando-me a conhecer melhor o universo de Fire Emblem.

O combate em Fire Emblem Warriors na Switch

No que diz respeito ao jogo, é um musou típico onde Rowan, a minha personagem, consegue aviar mais de 2000 pessoas sempre com um estilo distinto. Aliás todas as personagens o fazem e parecem quase sempre invencíveis. Mas uma coisa que a Team Ninja e a Omega Force faz bem é incluir aspectos específicos, oriundos dos franchises representados e incorporá-los na série Warrior.

 

Em Fire Emblem Warriors, vamos passar algum tempo nos menus, para delinear a tática de abordagem ao nível. Cada nível tem certos objectivos e temos de os cumprir, mesmo que pelo meio tenhamos algumas side quests.

Fire Emblem Warriors tem sidequest alem do modo campanha na Switch

Em Fire Emblem Warriors temos de colocar as personagens no mapa Switch

Podemos pedir aos nossos aliados que tenham tarefas específicas, ou que se movam para um sítio que nos dê mais jeito, mas a verdade é que a inteligência artificial do nossos amiguinhos deixa um pouco a desejar. Por vezes tive que me desviar do meu jogo para os salvar, perdendo minutos preciosos de jogo, quando claramente o AI dele não o permitiu defender-se.

Evolucao das personagens em Fire Emblem Warriors na Switch

As armas que equipamos são extremamente importantes! Tal como nos jogos Fire Emblem e naquele que eu conheço melhor “Pokemon”, o esquema papel, pedra e tesoura está presente. Ainda que através de ataques especiais ou mesmo um Awakening, conseguimos dar uma coça a um boss ou alguém mais forte que os comuns soldados. Se não tivermos a arma certa para atacar, torna todo o nível mas demorado e complexo. É melhor adaptarmos-nos e deixar de ser teimoso e usar a mesma arma para tudo!

é importante a escolha das armas em Fire Emblem Warriors na Switch

De todas as personagens que temos no jogo, podemos escolher 8 delas para nos acompanhar em cada nível e metade delas são controláveis. Uma forma de nos tornarmos mais fortes é associarmos-nos a outra personagem e fazer um par mais poderoso. Além de nos defender ou ajudar ao ataque, pode nos dar mais mobilidade por exemplo com um pegasus e chegar a partes mais complexas dos cenários.

em Fire Emblem Warriors podemos escolher varias personagens na Switch

Também existe o History Mode que deixa os aficionados do franchise Fire Emblem participar em combates de jogos anteriores mas com twists que provavelmente vão fazer os fãs sorrir. Tal como disse no início da review, não sou um conhecedor da série Fire Emblem, mas o que posso dizer é que o jogo abriu-me o apetite para voltar atrás e experimentar um jogo da série…e de certa forma borrifar-me para o permadeath.

Fire Emblem Warriors na Switch tem history mode para os veternas do jogo

Fire Emblem Warriors é um jogo dedicado aos fãs tanto dos musou, como da série Fire Emblem, e se forem fãs dos dois então este jogo é um petit gateau. Se forem como eu, ficam interessados em conhecer melhor a história dos jogos Fire Emblem!

| Nintendo Go, Reviews, Slider, Videojogos | 0 Comments
About The Author
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>