THE WITCHER 3 WILD HUNT

Com paisagens de perder a vista, uma história bem conseguida, mecânicas sólidas para um RPG e um sistema de combate difícil mas justo, Witcher 3 Wild Hunt é um jogo colossal.

A história segue o rumo de Witcher 2 Assassins of Kings.

Nilfgaard avança, conquistando o Norte, semeando destruição e desconfiança entre as populações. Ao mesmo tempo, o grupo poderoso Wild Hunt, também percorre o norte de forma devastadora. Mas não procura a conquista como Nilfgaard, mas Ciri, uma rapariga treinada por Witchers.

Aqui voltas  a vestir a pele de Gerald of Rivia, que no meio deste caos,  procura o rasto de Ciri, tentando livrá-la dos sobrenaturais Wild Hunt.

Se jogaste o Assassin of Kings no PC e agora vais jogar na playstation 4, o jogo até de dá a opção de simular um save  file para teres continuidade na história.

Witcher 3 tem um início mais discreto do que o segundo jogo da saga. Em vez de uma perseguição, onde sentes a pressão da culpa e da acusação da morte de um rei, o novo jogo introduz um pacing tranquilo, ponderado, onde vais poder absorver cada pormenor da história.

Amiúde, vais percebendo a real magnitude do jogo. Além da história principal, tens centenas de missões secundárias para cumprir, e contratos que podes fazer. Fundamentais para o desenvolvimento de Gerald, as missões secundárias têm uma espantosa profundidade. Ajuda povoações  e vê essa acção ter enorme impacto no jogo.Vais dar por ti muitas horas mais tarde, a reparar que uma vila foi destruída, graças a uma opção com danos colaterais.

O sistema de progresso da personagem e a gestão dos itens que coleccionas, está mais ágil. Podes criar poções ou reparar o teu material de uma forma mais prática, do que nos jogos anteriores.

O Sign system também sofreu alterações. Agora, quando decides fazer um upgrade aos signos que utilizas no combate, estes ganham estágios diferentes de habilidade. Poderás então, controlar melhor o quanto vais querer desenvolver esse signo.

O combate é difícil mas justo. O jogo avisa-te da dificuldade dos inimigos que vais encontrar. Com isso, vais compreender que não és um super homem, e que terás de flanquear, ou por vezes, fugir dos teus adversários.Mas quando derrotares enormes criaturas, terás um surpreendente sentimento de conquista.

The Witcher é um jogo lindo.Desde o vento que agita as árvores, a extensas paisagens povoadas por pequenas aldeias, verás ao fundo enormes castelos…

Mesmo com fast travel, vais muitas vezes sentir-te tentado a cavalgar pelo cenário, com o teu fiel companheiro Roach.

Mas o jogo não é isento de glitches :). Na playstation 4, encontrámos Roach, o cavalo voador! Mas quantos jogos do ano conheces, que tiveram o mesmo tipo de problemas?

Orgulho para a CD Projekt Red e a Namco Bandai, The Witcher Wild Hunt é um sério candidato a jogo do ano! Credível e com uma banda sonora de outro mundo, tudo nos faz acreditar neste ex-líbris de High Fantasy.

Quando começares esta epopeia, só vais passar o dia a desejar voltar ao jogo mal possas. Mesmo que já tenhas 50 horas de jogo.

Texto:Francisco Pereira

Locução:Ágata Serralva


About The Author
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>